Isto é Twitter, meus amigos!

por jcerca em 27 de Setembro de 2009

twitterSão um grupo de amigos. Diferentes na proveniência geográfica; diferentes nas simpatias político-partidárias; diferentes nas opções religiosas; diferentes nas visões que têm sobre problemas actuais, quer sejam consensuais, quer sejam fracturantes.

Diferentes ainda na profissão, na cultura e no estilo de intervenção. Diferentes em muitas coisas, mas todos unidos num mesmo desejo de intervenção cívica na sociedade em que vivem, ou no meio em que moram.

Consoante a sua disponibilidade de tempo, lá se encontram eles, todos os dias, à hora possível para cada um, no seu espaço habitual, no seu cantinho preferido, do qual já se torna, por vezes, difícil afastarem-se por muito tempo.

twitter_birdConversam, discutem, mandam piadas, aconselham, corrigem, sugerem leitura de artigos, comentam as mais importantes notícias do dia, partilham imagens, recomendam filmes, lançam campanhas. Enfim, conseguem criar comunidade e fazer amizade mesmo no meio de tanta diversidade cultural, política e religiosa.

Se alguém chega tarde, tem sempre a possibilidade de se pôr ao par das conversas anteriores, porque tudo o que ali se comenta ou discute fica escancarado aos olhos de todos.

Mas atenção, se alguém quiser partilhar um segredo, um pedido, ou uma advertência em privado, é só convidar o destinatário à sala DM e aí a conversa fica só entre eles, sem sequer se correr o perigo de escuta.

Ah! Ainda há outra coisa interessante nesta tertúlia livre de amigos.

Se alguém, por acaso, quiser apoiar, ou dar realce a uma ideia, a uma afirmação, ou a uma sugestão de algum dos presentes, dispõe de um placard de honra – RT – no qual poderá destacar, ou chamar a atenção para a afirmação, para a ideia, ou para a iniciativa com a qual concorde a 100% e por isso a deseje valorizar aos olhos de toda a comunidade presente nesse café virtual.

Isto, meus amigos, chama-se Twitter! A mais recente rede social da internet, no âmbito da miniblogosfera e que está a revolucionar o estilo de comunicação e até mesmo a implementar um novo conceito de jornalismo.

Twitter, ouviram?

 

José Cerca

{ 1 comentário… lê abaixo ou adiciona }

1 Antonio Soares 29 de Setembro de 2009 às 13:40

E como é bom pertencer a este grupo! É com as diferenças, com as novidades, com as palavras, que evoluimos, aprendendo e ensinando. Basta participar, comunicar, trocar ideias. E o Twitter veio mesmo a calhar!

Responder

Anterior:

Seguinte: