ACADEMIA SÉNIOR DE AROUCA VISITA LAMEGO

por jcerca em 20 de Outubro de 2017

Cultura e sociabilidade

Para alcançar os seus objectivos, a Academia Sénior de Arouca  tem programadas, ao longo do ano lectivo, diversas actividades que visam a promoção de uma melhor qualidade de vida para os seus alunos e associados.

Além das aulas de Português, Inglês, Geografia e Informática, estão disponíveis também as áreas de Artes e Pintura, Viagens Virtuais, Grupo Coral, iniciação ao Cavaquinho, Dança rítmica e Cultura e Sociabilidade.

Orientada pelo prof.Afonso Veiga, a área de Cultura e Sociabilidade, que veio substituir a anterior disciplina de História, pretende proporcionar aos alunos, não apenas a abordagem de temas culturais em sala de aula, como também a realização de diversas visitas de estudo que aliem o conhecimento e a cultura ao convívio e à sociabilidade.

E foi isso que aconteceu no dia 18 de outubro de 2017, com a visita de estudo à cidade de Lamego e ao vale do Douro na região da Régua.

O Museu de lamego

IMG_2633

Instalado no antigo paço episcopal, num imponente edifício que se situa próximo da famosa Catedral de Lamego, este Museu está aberto ao público precisamente há 100 anos e alberga no seu interior, um valiosíssimo espólio, do qual fazem parte 18 tesouros nacionais.

Acompanhados pelas explicações da guia do Museu, os alunos da Academia Sénior puderam apreciar, ao longo das suas 30 salas de exposição, todo o variado e rico recheio artístico deste Museu.

IMG_2596

Muito interessante foi a descrição pormenorizada que a guia fez de alguns dos 18 tesouros nacionais expostos neste Museu, tais como o Políptico de Vasco Fernandes, constituído por cinco painéis, de um conjunto de 20, encomendados a Gão Vasco para a capela mor da Sé de Lamego; as 4 enormes tapeçarias sobre a história do rei Édipo e que são únicas no mundo; a arca tumular do sec XIV atribuída a Teresa Anes de Toledo, a 3ª mulher do conde de Barcelos, D.Pedro Afonso, cujo túmulo se encontra na igreja do Mosteiro de Tarouca.

IMG_2621

Após a visita a este Museu o grupo passou de, imediato, para os claustros da Sé de lamego, a única Sé portuguesa que não foi capital de distrito e cuja origem remonta ao sec.XII.

IMG_2638

Enriquecidos com as explicações do guia da Sé e do professor Afonso Veiga, os alunos puderam ainda admirar o interior barroco desta Sé de 3 naves, bem como os magníficos frescos do seu teto  pintados, na primeira metade do século XVIII, com numerosos episódios bíblicos, pelo pintor-arquitecto italiano Nicolau Nasoni.

IMG_2650

A fachada da Sé mereceu também uma atenta observação pela sequência dos diversos estilos arquitectónicos que ela apresenta e na qual sobressai a sua torre medieval de forma quadrada.

IMG_2655

 

Caves da Raposeira

Fazendo Lamego parte de uma importante região vinícola, os visitantes seniores tiveram ainda ocasião, após o almoço, de visitar as mais antigas caves de Portugal, as caves da Raposeira criadas em 1898. Depois de percorreram os corredores das suas caves, repletos de enormes tonéis e de milhões de garrafas, os visitantes tiveram ocasião de provar este famoso espumante lamecence.

IMG_2657

Seguiu-se depois uma passagem pela região do Douro vinhateiro, com uma paragem na quinta de S.Domingos para mais uma prova vinícola de uma das maiores e mais emblemáticas riquezas deste região vinhateira, considerada, desde 2001, “Património Mundial da Humanidade”.

José Cerca

Anterior: