CONCERTO SCHOLA CANTORUM EVOCA BEATIFICAÇÃO DE MAFALDA SANCHEZ

por jcerca em 16 de Maio de 2022

Concerto_15 maio_cartaz

Integrado nas comemorações dos 230 anos da beatificação da rainha santa Mafalda, realizou-se na tarde de domingo, dia 15 de maio, no cadeiral do Mosteiro de Arouca, o Concerto Schola Cantorum pelo Orfeão de Arouca. O acompanhamento esteve a cargo de Ricardo Toste, organista titular da Sé de Aveiro e na direção do grupo coral esteve Ivo Brandão.

Num magnífico espaço, revestido de um belo cenário barroco e enriquecido de retábulos com pinturas referentes a diversos momentos da vida da rainha santa Mafalda, este concerto não poderia ter melhor local para evocar os 230 anos da beatificação da padroeira de Arouca.

No coro alto, mesmo ao lado do órgão, foi interpretada a “Missa para uso dos conventos” de François Couperin, nascido e falecido em Paris (1668-1733).

IMG_20220515_170001

No coro baixo, foram interpretadas algumas peças transcritas a partir de antifonários que fazem parte do espólio musical do Mosteiro de Arouca. Entre eles, destaque-se o Hino a S.Bernardo, cantado a duas vozes, descoberto há alguns anos num manuscrito do Mosteiro de Arouca e que tem sido objeto de vários estudos.

Segundo um desses estudos, trata-se, não só de uma composição inédita, como da mais antiga música polifónica documentada em território português, datável de 1225, sendo também um dos primeiros exemplos de polifonia conservada em manuscritos cistercienses.

 Outros eventos

 Para assinalar os 230 anos da beatificação da filha de D.Sancho I, Mafalda Sanchez, que ocorreu a 27 de junho de 1792, pelo Papa Pio VI, quis o município de Aroucaprogramar um conjunto de eventos, ao longo dos meses de maio a julho.

Além da exposição “Mafalda Sanchez, rainha santa de Arouca”, patente no Museu Municipal até dia 3 de julho, esteve também no átrio dos Paços do Concelho uma pequena exposição iconográfica da Rainha santa Mafalda.

IMG_4991 IMG_4992

Por sua vez, na Biblioteca Municipal continua patente ao público, até ao fim do mês, uma exposição coletiva de ilustrações subordinadas ao tema “Lendas e milagres da Rainha Santa Mafalda”.

Trata-se de uma interessante exposição em que três artistas arouquenses, Clara Santos, de Moldes, Joana Magalhães, de Santa Eulália e Paula Pinto, do Burgo, nos apresentam a sua visão artística sobre alguns milagres e lendas atribuídos a santa Mafalda: o milagre do incêndio no Mosteiro de Arouca, a lenda das laranjeiras do Burgo e a lenda das pegas de santa Mafalda.

IMG_5006IMG_5005IMG_5008

Além destes eventos já realizados, refira-se ainda que a Recriação histórica deste ano, a ter lugar de 15 a 17 de julho, dará destaque à beatificação da Rainha Santa Mafalda.

Este conjunto de eventos comemorativos será encerrado a 27 de julho com a apresentação, no Mosteiro de Arouca, da curta metragem “Mafalda”.

José Cerca

Publicado no jornal “Discurso Directo” nº564 de  27 de maio de 2022

Anterior:

Seguinte: